www.semprevasco.com

Patrimônio

Parque Aquático

Palcos das glórias na piscina


Diminui o tamanho da fonte Aumenta o tamanho da fonte

_______________________________________________

Não bastava ao Vasco fazer um ‘Estádio Aquático’, como se dizia na época, era preciso fazer algo grandioso. Com esse pensamento se planejou e se executou uma obra que depois de três anos tornou o Vasco o clube com o maior Parque Aquático da América do Sul, o terceiro maior do mundo com capacidade para 10 mil pessoas e com a maior torre de saltos do planeta.

No dia 14 de novembro de 1953 o Vasco deu ao Brasil, assim como já havia feito com São Januário, esse colosso para a prática do esporte, sem um tostão de dinheiro público, custeado inteiramente pelos vascaínos.

Hoje o complexo, que tem uma área de oito mil metros quadrados, continua sendo motivo de orgulho e teve a honra, inédita no país, de sediar uma etapa da Copa do Mundo de Natação em 1998.


  • Construção do Parque Aquático
  • Construção do Parque Aquático
  • Construção do Parque Aquático
  • Construção do Parque Aquático